sábado, 11 de junho de 2005

Grantur vai voar para a Turquia com a Turkish Airlines

Na sessão que marcou o início das operações da Turkish Airlines para Portugal, o turisver.com falou com Apo Corhulu, director-geral da Grantur, operador especializado no destino Turquia, para saber quais os reflexos que a introdução destes voos vão ter na sua programação. Para este responsável, trata-se de uma “operação importante, porque antes apenas programávamos a Turquia em voos charter, durante a época alta e uma vez por semana, enquanto agora dispomos de uma operação regular, com três frequências semanais e durante todo o ano”. Assim, disse “a programação era, forçosamente, limitada”, o que não acontecerá a partir de agora até porque “à partida de Istambul, podemos ir para mais de 20 aeroportos dentro da Turquia e mesmo a Chipre”, o que abre um mundo de possibilidades em termos da programação. Trata-se, garantiu “de uma grande oportunidade para nós”, pelo que “a Grantur este ano aboliu os charters para a Turquia e toda a programação será feita com a Turkish Airlines”.

Aliás, Apo Corhulu adiantou-nos que “a Grantur assumiu um compromisso bastante importante de comprar, até 31 de Outubro, metade da capacidade de cada avião, em económica”. Segundo este responsável, esta decisão já estar a dar resultados e “a Turquia está a vender muito bem, a um nível que só atingimos em 1998”, até porque, apesar de ser operado em voo regular, a Grantur não aumentou os preços dos seus pacotes turísticos. Até ao final do Ano, a Grantur espera poder transportar cerca de quatro mil passageiros para a Turquia, mas o objectivo “é ultrapassar, no próximo ano, os 10 mil passageiros”.

Sobre a companhia aérea sublinhou o facto de ter a frota mais moderna da Europa, tendo adquirido o ano passado 51 novos aviões, e ressaltou igualmente a aposta na qualidade dos serviços prestados, tanto em assistência em terra como a bordo. Destacou ainda o facto de a Turkish possibilitar boas ligações, à partida de Istambul, para os mais diversos destinos na Ásia, Médio Oriente e Europa de Leste. Apo Corhulu era, aliás, uma pessoa bastante satisfeita com o início das operações entre Istambul e Lisboa, tendo-nos até recordado que “estive no acto de assinatura do acordo aéreo entre a Turquia e Portugal, há mais de 10 anos”.

Fonte: turisver.com

Sem comentários:

Enviar um comentário